Direcção prevê competir na segundona o próximo ano

O Sport Lubango e Benfica prevê participar no campeonato da segunda divisão de 2019 e procurar regressar ao Girabola no ano seguinte, caso a Sonangol, principal patrocinador, dê os apoios necessários.

O Sport Lubango e Benfica prevê participar no campeonato da segunda divisão de 2019 e procurar regressar ao Girabola no ano seguinte, caso a Sonangol, principal patrocinador, dê os apoios necessários.
Esta foi uma das conclusões saídas, da assembleia-geral extraordinária de sócios da agremiação da Huíla, realizada sábado.      
Em declarações à imprensa, o porta-voz do encontro, Mário Pereira, afirmou que  a participação do Benfica na segundona em 2019 será fundamental para avaliação, se a equipa poderá ou não, entrar no Girabola de 2020 ou de 2021.
Para o próximo ano, o clube estima um orçamento de 120 milhões de Kwanzas, valor que espera receber do patrocinador e de receitas adquiridas em outras fontes.
No encontro, referiu, os sócios decidiram por unanimidade voltar ao nome de fundação do Clube que é Sport Lubango e Benfica, pois com a designação Benfica Petróleos do Lubango a organização tem encontrado dificuldades em conseguir apoios, além do patrocinador oficial.  
Durante o encontro foram abordados vários aspectos, com realce para análise e aprovação sobre a proposta da reposição do nome de fundação do Clube, proposta do orçamento para 2018/2019, aprovados por unanimidade pelos 40 sócios dos 70 com cotas regularizadas. 
O único patrocinador do clube é a Sonangol Pesquisa e Produção que deixou de prestar apoio a partir de 2015. Desde 2001 contribuía com um milhão e 500 mil dólares anuais.
O Benfica do Lubango foi criado a 27 de Fevereiro de 1932 por intermédio de uma comissão instaladora, Sport Lisboa  e Benfica-16ª Filial. Dia 25 de Agosto de 1950 surgiu o Sport Lubango e Benfica 36ª filial.