Progresso continua a estagiar em Benguela

A equipa do Progresso Sambizanga não joga de forma consecutiva as duas primeiras jornadas do Girabola Zap de 2018 e, deste modo, os dois jogos serão remarcados pela Federação Angolana de Futebol (FAF), em data a indicar,  pelo facto de os seus adversários, 1º de Agosto e o Petro de Luanda estarem envolvidos nas Afrotaças.

A equipa do Progresso Sambizanga não joga de forma consecutiva as duas primeiras jornadas do Girabola Zap de 2018 e, deste modo, os dois jogos serão remarcados pela Federação Angolana de Futebol (FAF), em data a indicar,  pelo facto de os seus adversários, 1º de Agosto e o Petro de Luanda estarem envolvidos nas Afrotaças.
Por esta razão, a equipa agora comandada por Hélder Teixeira, continua no local de estágio pré-competitivo, na cidade de Lobito, com regresso previsto apenas para o dia 12 deste mês.
Depois do seu regresso, a equipa trabalha na preparação da deslocação à cidade de Dande, em Caxito, para o jogo da terceira jornada, diante do Domant FC.
Com 27 jogadores, maioritariamente a jogar pela primeira vez na equipa, o técnico Hélder Teixeira e os seus adjuntos efectuaram uma \"peneira\" de jogadores no local de estágio, para encontrarem uma equipa ideal que vai atacar o Girabola Zap de 2018, focada no objectivo  proposto pela direcção do clube , concretamente ficar entre os primeiros cinco lugares. O programa de preparação dos \"sambilas\" compreendeu até agora uma série de amistosos, com outras equipas do Girabola presentes em Benguela, em estágio de pré-época.
Quanto à opção do estágio nas terras das Acácias Rubras, a direcção dos Sambilas preferiu-as, a exemplo da época anterior,  por dispor de excelentes condições para efectuar uma preparação condigna, com realce ao número de campos onde realizaram vários jogos de controlo.
\"Os locais de treinos e de jogos são óptimos, tal como a hospedagem. Penso que não houve grandes razões de queixa para aquilo que esperávamos no estágio\" , disse o novo timoneiro sambila.
Em relação às contratações para o reforço do plantel, o treinador  assegurou que os jogadores indicados pelo corpo técnico já assinaram contratos com o clube, sublinhando que os reforços são apenas nacionais.
\"Acredito que a direcção do clube vai apresentá-los numa cerimónia própria\", disse, para, a seguir acrescentar que depois das saídas dos influentes Fofó, Silva, Vá, René, Lunguinha, só para citar esses, a direcção do clube apostou na aquisição de um grupo forte composto por Daniel, defesa de 30 anos de idade, e nos médios Nandinho (19), Josemar Machaisse (31) Balakai (22), Bugo Jesse (28 anos), Maria Pia (29) e Déo Kanda (28).
Na época passada o 2017, o Progresso Sambizanga ficou na nona  posição do Girabola e classificou-se nas meias-finais da Taça de Angola.