Selecções "desfalcam" campeão

Os compromissos das selecções nacionais voltam a desfalcar a equipa do 1º de Agosto, cedeu no total 11 jogadores, incluindo Bobó para o combinado do Congo Democrático, deixam limitada a equipa orientada, nesta altura, por Ivo Traça.

Os compromissos das selecções nacionais voltam a desfalcar a equipa do 1º de Agosto, cedeu no total 11 jogadores, incluindo Bobó para o combinado do Congo Democrático, deixam limitada a equipa orientada, nesta altura, por Ivo Traça.Tony Cabaça (guarda -redes), Dany Massunguna (defesa -central), Paizo (lateral esquerdo), Mingo Bile (lateral direito), Show (médio), Buá (médio), Geraldo (avançado) e Mabululu (avançado) estão cedidos à Selecção Nacional \"AA\", que se prepara para o jogo do dia 18 do corrente, em Luanda, com a similar do Burkina Faso, referente à corrida para o CAN 2019, nos Camarões.
Dois atletas fazem parte dos eleitos da Selecção Olímpica, o médio Mário e o avançado Melono Dala, que recebe no dia 16 do corrente, a congénere da Namíbia, pontuável para a primeira mão de qualificação para o CAN 2019, no Egipto.
Para completar, o defesa - central Bobó representa a selecção do Congo Democrático no jogo do dia 16 deste mês, diante do Congo Brazzaville, referente à quinta jornada da corrida para o CAN 2019.
Apesar disso, os tricampeões nacionais continuam a preparação, período que  aproveitam para dosear o esforço do plantel que ainda não gozou férias, que normalmente acontece na transição de uma época para a outra, pelo facto de ter disputado às meias-finais da Liga dos  Campeões Africanos.
O técnico sérvio Dragan Jovic, que regressa ao clube um ano depois, é aguardado nos próximos dias, a data não está definida, para liderar a equipa, substitui no cargo o seu conterrâneo Zoran Maki, que deixa o lugar por não chegar a acordo com a direcção agostina, quanto à  renovação do vínculo contratual.
A vitória, por sinal a primeira nesta competição, diante do Desportivo da Huíla, na segunda jornada, reforçou a confiança do grupo que tem como foco a defesa do \"tri\" e a conquista do tetracampenato. O futebol apresentado satisfez à equipa técnica, mas garante que ainda tem de melhorar em vários aspectos, por tratar-se de início de época.
O reforço Mabululu inscreveu o seu nome na lista dos melhores marcadores dos rubro -negros. O avançado, contratado ao Domant FC do Bengo, marcou o primeiro golo dos militares na presente edição do Girabola Zap.
O avançado chegou ao clube, para ser mais uma opção, disputa o lugar com o congolês democrático Jacques, melhor artilheiro da equipa, na época anterior. Com o golo apontado frente ao Desportivo, na vitória por 2-0, Buá completou, Mabululu dá mostras de fazer parte do \"onze\" inicial e não ser  mera alternativa aos outros atacantes