Sporting tropeça e apaga registos do passado

O Sporting de Cabinda é o lanterna vermelha do campeonato, as duas derrotas em tantos jogos são muito mais do que um mau começo, afinal os leões foram das sensações da época passada, que terminou há pouco tempo.

O Sporting de Cabinda é o lanterna vermelha do campeonato, as duas derrotas em tantos jogos são muito mais do que um mau começo, afinal os leões foram das sensações da época passada, que terminou há pouco tempo.
Num abrir e fechar de olhos, a equipa leonina trocou o bom com o mau, os seus adeptos têm todos os motivos para se mostrar preocupados, ainda é cedo para fazer conjecturas, é verdade, mas as lembranças do passado aumentam a imaginação de quem há pouco tempo, viu o Sporting em constantes subidas e descidas de divisão.
Os leões foram competitivos demais no Girabola Zap passado, superaram todas as expectativas e quando relaxaram já estavam na sua zona de conforto, por isso permaneceram para estar no campeonato (2018/2019), mas até agora ainda não mostraram nada das coisas boas do passado.
A pesada derrota caseira de 3-0, diante do Progresso Sambizanga, teve os mesmos números do desaire na estreia contra o Académica do Lobito, assim é fácil concluir que nada mudou de um jogo para outro, a reacção esperada não chegou, pelo que as próximas jornadas vão ser determinantes, para julgar o verdadeiro poder competitivo do Sporting de Cabinda.
Embora nunca entre no campeonato a pensar nos lugares cimeiros, o Sporting de Cabinda é das equipas que, quando está bem no campeonato, alegra a todos. Ou seja, quando os leões estão a rugir, atarefam em demasia a quem encontram pela frente, mas o contrário também costuma acontecer, é isso o que deve estar a fazer mossa aos adeptos.
Até agora, os leões provaram que estão mal em tudo, defendem tão mal quanto atacam, tentar achar que há um sector que está melhor do que o outro não corresponde com a verdade, quem olhar de trás para frente ou vice-versa vai ver sempre a mesma coisa, uma equipa que deixa os adversários marcar e que é incapaz de acertar com as balizas contrárias, consentiu 6 golos e ainda não marcou nenhum, como o Libolo.
Com o rival FC de Cabinda impedido de disputar provas nacionais, por causas do castigo da FIFA, o Sporting assumiu o papel de único representante do enclave no campeonato, o começo em falso dá todos os motivos de queixa aos adeptos da equipa e também aos apoiantes dos outros competidores que residem no campeonato.
Fica claro que todos aguardam pela recuperação do leão, se isso acontecer, o Sporting vai voltar a ser o orgulho de todos.