Hoji ya Henda revalida troféu

Campeão homenageia Presidente da República após vencer Viana na final 

O troféu de campeão da Taça “28 de Agosto”, em futebol de velhas glórias, continua na galeria do Hoji ya Henda até o próximo ano, altura em que a Associação Provincial de Futebol de Velhas Guardas de Luanda que é a organizadora do evento, vai agendar a terceira edição da competição reservada a antigos futebolistas, e  homenageia o Presidente da República, José Eduardo dos Santos.

A manutenção do troféu resulta do facto da equipa do Hoji ya Henda ter conquistado no sábado no campo de São Paulo, no distrito urbano do Rangel, a segunda edição da prova por 1-0, sobre as velhas glórias de Viana, com golo solitário de Afonsinho. O duelo entre kotas do Hoji ya Henda e de Viana, à semelhança de outros duelos, como o disputado  no campo do Areias válido para a terceira edição da Taça “Cariango”, competição em homenagem ao  antigo futebolista Joaquim Vieira “Quim” Ribeiro, foi disputado sob o signo do equilíbrio.

Aliás, o resultado apertado espelha bem o que se passou no relvado do campo de São Paulo, nos 80 minutos. O sub-capitão da equipa do Hoji ya Henda, Andito, recebeu das mãos do administrador do distrito urbano do Rangel, Francisco Domingos “Naval”, o troféu pela conquista do torneio.  O terceiro lugar do torneio ficou com a formação do Cazenga, que derrotou o Sambizanga, por 5-4, na marcação de pontapés de grandes penalidades, depois do empate a uma bola no tempo regulamentar. A segunda edição da Taça “28 de Agosto”, em velhas glórias, teve o patrocínio da Liga de Velhas Guardas de Angola (Livegusa), presidida por Manuel Pereira da Gama “Guerrito”, e da Administração Municipal de Belas.

GILDO ALMEIDA
Coordenador-adjunto
elogia participantes


O coordenador -adjunto da Taça “28 de Agosto” em futebol de velhas glórias, Gildo Almeida,  garantiu ontem ao Jornal dos Desportos que o certame decorreu sem sobressaltos. O mesmo disputou-se sábado no campo de São Paulo, no distrito do Rangel,  com o triunfo do Hoji ya Henda. A organização, animada com este feito, já pensa na edição do próximo ano.

Ainda de acordo com Gildo Almeida, tal como na edição passada, este ano a prova contou com a participação de oito formações, tendo sido  bastante disputada, e  o vencedor teve de se aplicar a fundo para atingir os seus objectivos. “Estamos satisfeitos com a forma como decorreu o torneio este ano, e muito mais  ainda pela maneira como as equipas e os jogadores se portaram ao longo da competição,o que contribuiu para o sucesso da mesma”, disse.

O responsável da organização lamentou, contudo, o facto das velhas glórias de Cacuaco terem abandonado a competição por alegadas dificuldades financeiras.  “O sucesso seria maior caso não se registassem desistências.Gildo de Almeida agradeceu à Liga de Velhas Guardas de Angola (Livegusa) e a Administração Municipal de Belas, pelo apoio prestado para o sucesso da prova.Espera-se que na próxma edição a organização venha a contar com o mesmo movimento de apoio, de modo que o torneio possa alcançar o mesmo sucesso que teve .

TERCEIRA EDIÇÃO
Taça "Herói Nacional" agita Kôlua

A terceira edição da Taça “Herói Nacional” em futebol, na categoria de seniores, disputa-se no sábado e domingo no campo Kumbi-Kalembe, na comuna da Aldeia Viçosa, município de Quitexe, província do Uíge, soube ontem o Jornal dos Desportos, de Edson Afonso “Lufemba”, membro da comissão organizadora do torneio que homenageia o primeiro Presidente da República, Dr. António Agostinho Neto.

Edson Fonseca “Lufemba” garantiu que a comissão organizadora tem as condições criadas para o sucesso da prova, cujo sorteio de emparceiramento foi realizado na terça-feira.“Temos as condições criadas, para organizar a terceira edição da Taça Herói Nacional, sem sobressaltos. A nível local estamos a trabalhar para que todos os que acorrerem ao campo Kumbi-Kalembe, na comuna da Aldeia Viçosa, no município de Quitexe, assistam bons jogos nos dias da prova, no sábado e no domingo, à semelhança dos anos anteriores”, disse.

De acordo com o sorteio da competição, o bicampeão Kôlua FC, formada por atletas residentes em Luanda, vai iniciar a defesa do título diante do Kauanga FC, jogo marcado para às 9h30, no mesmo campo. A outra meia-final do torneio, vai ser disputada às 11h00, entre as formações do Kôlua  e do Kinguenda FC.

Os vencedores dos jogos de sábado, medem forças no domingo às 10h00, para a final, ao passo que o vencidos jogam às 8h30, para a classificativa do terceiro lugar.A abertura do torneio acontece no sábado às 8h30, com um jogo na categoria de Sub-12, entre as escolas de futebol do Kôlua e do Mouombo. 

A comissão organizadora do torneio, segundo Edson Fonseca, tem garantidos os prémios para os vencedores, e agradece o apoio da AFT Angola, Osofil Sport, Sofrigol, Mateus & Filhos, Jornal dos Desportos, Polícia Nacional e a população das comunidades de Vila Viçosa.  “A organização do torneio vai premiar as quatro equipas com troféus, o melhor marcador e o guarda-redes menos batido do torneio. Por isso, gostaria de agradecer a AFT Angola, Osofil Sport, Sofrigol, Mateus & Filhos, Jornal dos Desportos, Polícia Nacional e população das comunidades de Vila Viçosa pelo apoio prestado, para que tudo corra bem”, sustentou.