Bicampeão mundial reforça os Terlicos

O pescador Sérgio Santos, bicampeão mundial, é o novo reforço dos Terlicos.

O pescador Sérgio Santos, bicampeão mundial, é o novo reforço dos Terlicos. O atleta contratado ao Team Dourado, da província de Benguela, vai representar a equipa de Luanda por mais de uma época, segundo as informações avançadas ontem pelo comandante Rafael Araújo.

O campeão mundial de 2014, no Estado de Vitória, no Brasil, e de 2015, no Lobito, em Angola, deixou o Team Dourado, liderado por Víktor Rossi. Foi ao comando de Rossi que Sérgio chegou à alta esfera do mundo piscatório. \"O pescador gosta de novos desafios, conquistou várias provas no Lobito, como o Nacional  de Pesca Desportiva do Alto Mar da Zona Sul e dois campeonatos mundiais. O Nacional de Pesca Desportiva do Alto Mar da Zona Norte é o seu próximo desafio\", justificou.

Rafael Araújo disse que os Terlicos ressurgem renovados, depois de dois anos marcados por irregularidades. Do grupo anterior, \"sobrevivem\" o comandante e João Valente. O terceiro membro da tripulação foi recrutado no mercado do Lobito (Sérgio Santos) e o quarto está a ser sondado na praça nacional. A lista de potenciais integrantes é grande e os contactos pessoais acontecem nos próximos dias.  

Rafael Araújo assegurou que pretende regressar em grande, depois das participações \"esporádicas\" nos últimos tempos.
\"Agora, regressamos na nossa máxima força e vamos participar em todas as competições oficiais. Já estabelecemos os objectivos: ocupar os três melhores lugares\", assumiu.

PATROCÍNIO DA
EMPRESA SIKA

Os Terlicos têm as negociações bem encaminhadas com a direcção da cadeia industrial Sika para patrocinar a actividade pesqueira. A empresa está vocacionada para a produção e fornecimento de colas especiais no mercado nacional.\"O acordo com a empresa Sika vai resolver um velho problema: a componente financeira  forçou o nosso afastamento nas competições nacionais e estrangeiras nos últimos dois anos. A determinado momento, as comparticipações dos membros tornaram-se inferiores à capacidade das necessidades envolventes\", concluiu.