Petro de Luanda “pendura-se” no topo da tabela

O Petro de Luanda continua pendurado no topo da tabela de classificação geral, após a disputa de 13 jornadas. A equipa de Lazare Adingono não facilita a vida dos adversários e a superioridade ficou patenteada nas vitórias de 104-91 diante do FC Vila Clotilde e 117-83 diante do ASA, obtidas na dupla jornada disputa no último fim de semana.  

O Petro de Luanda continua pendurado no topo da tabela de classificação geral, após a disputa de 13 jornadas. A equipa de Lazare Adingono não facilita a vida dos adversários e a superioridade ficou patenteada nas vitórias de 104-91 diante do FC Vila Clotilde e 117-83 diante do ASA, obtidas na dupla jornada disputa no último fim de semana.

A equipa técnica petrolífera deu-se ao luxo de deixar no banco de suplentes os atletas Leonel Paulo, Olímpio Cipriano e Divaldo Bunga e não convocar o \"trio de luxo\" formado pelos extremos-base Carlos Morais, Gerson Gonçalves \"Lukeny\" e o base Antwa Scott, bem como do poste Valdelício Joaquim.

O bom momento de forma desportiva dos petrolíferos resulta do investimento da direcção liderada por Tomás Faria, visando a participação no Ball League, a competição milionária africana suportada pela NBA.

A quinta jornada da segunda volta do campeonato nacional de basquetebol teve como o destaque a vitória do ASA sobre a Universidade Lusíada por 72-67. Os vice-campeões nacionais, o 1º de Agosto, derrotaram os confrades da Marinha de Guerra por 102-74 e o Interclube ganhou ao Desportivo Kwanza por 92-61.

A sexta jornada reservou as vitórias do Interclube diante da Universidade Lusíada por 80-60, da Marinha de Guerra diante do Desportivo Kwanza por 103-67 e do 1º de Agosto diante do FC Vila Clotilde por 107-70.

A sétima jornada reserva na próxima sexta-feira o aliciante confronto entre Petro de Luanda e Interclube, às 18h00, no pavilhão principal da Cidadela Desportiva. O Desportivo Kwanza recebe o 1º de Agosto, a Universidade Lusíada joga com a Marinha de Guerra, Vila CLotilde defronta o ASA.